27 de setembro, 2012 - 13h58

FILME AFETOSECRETOS

“Noites com choro. Noites com medo. Soluços intermináveis… A cada noite tu olharias sem compreender nada e selarias com ele teus afetos secretos.”

 
Uma menina acorda dentro de uma bolha transparente e sufocada tenta fugir, mas o desespero mostra que ela está presa. A cena do filme Afetosecretos, da psicanalista, cineasta e artista plástica Graça Pizá, retrata a sensação de impotência e o drama vivido por crianças e adolescentes vítimas de violência sexual dentro da própria casa. Lançado em 2009, o filme (média metragem) pode ser assistido agora gratuitamente no Vimeo.
 
A história revela a trajetória de reconstrução interior de uma adolescente, ao tentar superar os sofrimentos causados pelo trauma do abuso sexual incestuoso na infância. O roteiro foi escrito com base na experiência da análise de mais de 3 mil casos de violência sexual intrafamiliar, tratados na Clínica Psicanalítica da Violência, no Rio de Janeiro.
 
Disponível em seis idiomas, Afetosecretos utiliza a linguagem do sonho para tratar com arte e delicadeza o tema do incesto. As falas em off da personagem principal com a sua Psique e as metáforas visuais são empregadas para que o espectador possa entender o universo da criança que passa por esta agressão.
 
O trabalho para realizar o filme gerou também o e-book bilíngue Afetosecretos, importante material para ajudar na formação de profissionais, como médicos, psicólogos, professores e educadores de ONGs, que lidam com crianças e adolescentes vítimas ou em risco de abuso sexual.
 
A publicação revela o vocabulário próprio da criança violentada que fica presa, isolada em lugares secretos.  São sonhos que representam o momento em que a criança entra no trauma do incesto, surpreendida, quando ainda não consegue perceber o perigo real e ameaçador que antecede a violência sexual. A obra retrata sentimentos conflituosos de medo, sedução e pavor.
 
Segundo a psicanalista Graça Pizá, a violência sexual na infância é invisível e transforma a criança em “objeto-fetiche do abusador”. O filme quer mostrar a angústia provocada pelo desamparo ao conhecer de forma brutal a sexualidade adulta.
 
O filme e o e-book de Afetosecretos foram apoiados pela Childhood Brasil. A publicação pode ser encontrada no site da Clínica Psicanalítica da Violência e na seção “Publicações” do site da Childhood Brasil.
 
 
Fonte: Portal Pró Menino


Universidade Federal do Pará - Instituto de Ciência da Educação 2º andar,
campus Universitário do Guamá/ Setor Profissional
Fone/Fax:(91) 3201-7269 • escoladeconselhosdopara@gmail.com




Copyright © 2011 Escola de conselhos do Pará. Todos os direitos reservados.

Libra Design +Tech